sexta-feira, 27 de março de 2020

Na Língua dos Anjos - A Bênção de Orar em Línguas [Como orar em línguas? O Que significa? Como saber se oro em línguas? O que é Batismo no Espírito Santo].

Prezados amigos, quando passei a participara da Renovação Carimática Católica achei muito entranha a oração em línguas. Confesso que fiquei meio assustado. Depois comecei aos poucos. Umas pessoas de Lages/SC estiveram aqui em Vacaria/RS e nos ensinaram. A partir de então descobri a bênção que é orar em línguas, o mais comum dos dons carismáticos. O Padre Antonello Cadedu ensina que o dom de línguas é a estrada pela qual vêm todos os demais dons e carismas.

Comece devagar, não tenha pressa....

Vamos lá, concentre tua mente no Senhor, invoque o Espírito Santo e comece: laira, laira, laira, laira......

Depois outras expressões vão surgindo e dom vai se aperfeiçoando. 

Abaixo, vamos ver, ouvir e orar em línguas cantando "Na Língua dos Anjos".







Acrescento à postagem, este preciosíssimo texto do Monsenhor Jonas Abib, a respeiro da oração em línguas.

"Terça-Feira, 26 de outubro 2010


Os efeitos maravilhosos da oração em línguas

"Não dê ouvidos ao que os outros dizem a respeito do dom de orar em línguas. Prometa reservar um tempo, todos os dias, para orar em línguas pela sua ressurreição, pela ressurreição dos seus. Repita para você mesmo:

Eu preciso de ressurreição, por isso preciso orar na língua dos anjos. Eu necessito da língua no Espírito, para que esse orvalho recaia sobre mim, sobre todas as situações que me oprimem e angustiam. É o Senhor quem me dá a solução dos problemas insolúveis que eu enfrento.

E lembre-se: “Aquele que fala em línguas edifica a si mesmo” (1Cor 14,4a).

Quem ora em línguas ressuscita, reconstrói e edifica a si mesmo. Não nos desfaçamos das armas mais poderosas que temos. Tenho presenciado os efeitos maravilhosos desse orvalho do Espírito Santo sobre a vida das pessoas. Leia o testemunho de uma senhora:

'Muitas vitórias tenho conseguido no meu casamento com a oração em línguas. Diariamente, imponho as mãos sobre meu marido, dormindo. Oro por ele em línguas um longo tempo, pois sei das grandes responsabilidades que pesam sobre ele, causando-lhe um sono muito agitado. Mas tenho constatado que, quando oro em línguas por ele à noite, ele amanhece com outra disposição. O mesmo faço com meu filho, um jovem de 21 anos. Muitas vezes, vou ao seu quarto, entro bem devagarzinho, imponho-lhe as mãos e oro em línguas.'

Os jovens precisam de muita oração! Muitas vezes, palavras e conselhos não levam a nada. Mas esse orvalho que vem do Alto entra como ondas magnéticas naquele por quem oramos. E ali o divino acontece. Quando paramos de murmurar e começamos a orar, as situações mudam. A cada dia, portas se abrem para que oremos sempre mais em línguas!

(...)

Orar no Espírito sempre.

Orar no Espírito parece-nos algo tão insignificante. Mas lembremo-nos do orvalho, que também passa despercebido aos nossos olhos.Orar em línguas não satisfaz a nossa inteligência, nem os nossos sentidos. Quando cantamos ou oramos em línguas, não sentimos nada. Não acontece nada em especial no nosso intelecto. Pelo contrário, esse dom humilha a nossa inteligência.

Quando oramos assim, somos instrumentos de Deus para derramar sobre a terra esse orvalho vivificante, capaz de produzir tanta vida, a ponto de ressuscitar os mortos. Ore pelos seus filhos que lhe causam preocupações, talvez, estejam mortos nas drogas, vivendo levianamente, na prostituição. Não fique só na dor, na decepção, na revolta, porque nada será resolvido dessa maneira. Cante e reze por eles tenha certeza que o orvalho vivificante cairá sobre seus filhos para ressuscitá-los.

É necessário usar os instrumentos que Deus nos deu.
Talvez você não consiga se desvencilhar de um vício, de uma dependência, mesmo que ela seja de afeto. Se está no pecado, o Espírito Santo que está em você quer salvá-lo . É preciso que você coopere com Ele, orando e cantando em línguas. Se permitir que esse orvalho caia sobre você, verá a realização da palavra: “Teus mortos reviverão! Seus cadáveres vão se levantar!” (Is 26,19)
Não de ouvidos aos que os outros dizem a respeito do dom de línguas.

Deus abençoe você!

Monsenhor Jonas Abib

Fundador da Comunidade Canção Nova." (www.cancaonova.com.br)

Como receber esse dom?


Nós, os batizados, temos em nós a presença do Espírito Santo de uma maneira especial, isto é, pela graça do sacramento, que ‘realiza em nós aquilo que significa’. Com Ele – o Espírito -, presentes estão, certamente, todos os seus dons, todos os seus carismas... A dificuldade frequente é falta de consciência a respeito dessa realidade da presente do Espírito em nós. ‘É preciso redescobrir a presença e a ação do Espírito Santo em nós’, afirmou João Paulo II. E, de fato, durante todo o decurso de nossas vidas, Deus opera em nós para nos garantir uma ‘permanente efusão do Espírito’. Na RCC, costumamos, durante ‘Encontros de oração’ ou ‘Seminários de Vida no Espírito’, orarmos pelas pessoas para que recebam essa ‘efusão’: que o Espírito, que já está presente nelas, se revele, aqui e agora, como uma realidade viva em suas vidas. E que aquilo que até então está nelas como que de um modo potencial, num sentido quase que apenas teórico, se manifeste com uma experiência em Deus, como um encontro pessoal, íntimo, com Jesus Cristo. Com isso, aflora também em suas vidas – naquele momento ou algum tempo depois -, os carismas que o Espírito houver por bem lhes conceder de se manifestar através delas.

Não há regra, não há rito pré-determinado para se receber essa ‘efusão’, e o Espírito tem caminhos diversos e misteriosos para cada pessoa. Ajuda-nos, porém, observar alguns pontos:

I- É Jesus quem batiza no Espírito (Jo I, 29-34; At I, 5; 2,32-33). É ele quem, tendo entrado uma vez por todas no santuário do Céu, intercede sem cessar por nós, como mediador que nos garante permanentemente a efusão do Espírito Santo’ (Catecismo da Igreja Católica n. 667);

II- Creia, espere pelo cumprimento das promessas de Deus para sua vida (At I, 4-5). ‘Pela fé recebemos o Espírito Santo’ (cf. Gl 3, I 4b);

III- Queira, com docilidade, receber a bênção. ‘Quem tiver sede, venha a mim e beba’, dizia Jesus em relação ao Espírito Santo.

IV- Peça! Deus concede de Seu Espírito aos que lhe pedem (Lc 11, 9-13). ‘Com insistência fervorosa, não vos canseis de invocar, vinde Espíriro Santo’ (João Paulo II).

V- Agradeço pelo que Deus está fazendo em você, pelo Espírito. Ainda que não ‘sinta’ nada de imediato, siga com expectativa confiante e ação de graças, pois Deus é fiel em suas promessas (At 2, 38-39).

VI- ‘Saboreie essa nova experiência de Deus em sua vida. Acolha com gratidão tudo o que o Espírito lhe conceder. E, se sentir vontade de orar em línguas, basta por em momento seus órgãos vocais, como se fosse falar corretamente, mas sem escolher os fonemas que vai produzir. O que importa é a intenção que está em seu ‘coração’, não nos sons, em si...’.

VII- Persevere: ‘na doutrina dos Apóstolos, nas reuniões em comum, na fração do pão e nas orações’ (At 2, 2,42). Desfrute desse novo ‘sabor’ das coisas que Deus em sua vida...

E SAIBA! Para saber se você ora em línguas, é preciso ver se os frutos do Espírito Santo podem ser encontrados em você. Quais são os frutos do Espírito: CARIDADE, ALEGRIA, PAZ, PACIÊNCIA, AFABILIDADE, BONDADE, FIDELIDADE, BRANDURA, TEMPERANÇA. “Contra estas coisas não há lei!” (Gl. 5, 22-23). (Fonte RCC Responde: Dom de Línguas, Reinaldo Beserra dos Reis)

Por último, é preciso ser OBEDIENTE, como Jesus foi obediente ao Pai, à Mãe e seu pai adotivo São José. Um coração desobiente jamais se encherá do Espírito Santo e jamais orará em línguas.

Veja também o vídeo abaixo, em que o Padre Fortea fala sobre os dons carismáticos. É em espanhol, mas não é difícil de compreender..






Acima, a reação do Papa João Paulo II à oração em línguas.
------------------------------------------------------------------------------------

O que é ser batizado no Espírito Santo?

O que é ser batizado no Espírito Santo? Desde seu batismo, Deus está em você. O Pai, o Filho e o Espírito Santo estão em você. Mas não basta, pois é preciso que esse Deus, que está em você, venha à tona. De que adianta você ter um poço e não tirar água dele? Da mesma forma, de nada adianta Deus estar em você se Ele não se manifesta em sua vida. O batismo no Espírito Santo é isto: o Espírito, que já está em você, vem à tona. Como disse Jesus: “Do seu interior correrão rios de água viva” (Jo 7,38b).

A partir do batismo no Espírito Santo, tudo começa a mudar! “Mandas teu espírito, são criados, e assim renovas a face da terra.” (Sl 104,30)

Essa renovação da face da terra começa a partir da nossa renovação dia após dia. Essa renovação é carismática, pois é feita com as armas mais poderosas de Deus: os carismas, os dons do Espírito Santo. É só abrir o livro dos Atos dos Apóstolos e veremos quantas maravilhas!

Deus o abençoe!

Monsenhor Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova


-------------------------------------------------------------------------------------
Também compartilho alguns anotações do Congresso da RCC-RS.

Congresso Estadual RCC – 2013

1) Homilia do Padre Ozeias (missa de abertura).

Deixe Deus te surpreender. Deixe Deus se manifestar. Para ver a mão de Deus, os sinais de Deus, precisamos estar atentos. Não perca tempo, Deus pode passar e você não ver. A graça de Deus passa e não volta (Santo Agostinho). Viemos aqui para aprender com Deus. Peça: “Mostra-nos, ensina-nos Senhor”. Fique atento aos sinais e saiba “quando sou fraco é que sou forte”. A força vem do Espírito Santo. Quando um grupo [de oração] é pequeno [fraco] é que por que falta batismo no Espírito Santo. Pôr a mão na cabeça das pessoas e dizer: “[nome] receba o Espírito Santo, o sopro da boca de Jesus”. É importante que, todos os dias, peçamos o Espírito Santo. Ao acordar, o primeiro cumprimento deve ser ao Espírito Santo. “Espírito Santo, o que vamos fazer junto hoje!”. Orar em línguas todos os dias, aproveitando qualquer tempo [no trânsito, nas sinaleiras, na fila do banco, na sala de espera do médico, etc..., orar baixinho, ninguém precisa ver...].
2) Pregação de KátiaRoldi Zavaris (presidente do Conselho Nacional da RCC).
Encher-se abundantemente de graça de Deus, servos e servas da RCC. O Senhor nos quer unidos. RCC é serviço, somos servos do Senhor. Discernimento é diferente de “achismo”, Deus jamais se engana, e Ele teria feito o que fosse preciso se você houvesse perguntado para Ele. Revive RCC! Nas profecias, viu-se uma imagem de Jesus soprando sobre o mapa do Brasil, sobre pequenos pontos espalhados pelo mapa. Isso significa um novo sopro do Espírito Santo sobre os grupos de oração. Revive! Ver Salmo 103, 30 (30. “Se enviais, porém, o vosso sopro, eles revivem e renovais a face da terra.”).
Tem de reviver todos os dias. Precisamos desse novo sopro. Só quem pode nos dar a experiência é o Espírito Santo. Senhor me batiza neste dia [pedir todos os dias]. O primeiro cumprimento do dia é o Espírito Santo. Ele direciona nossa vida. Se perguntar a Deus, Ele vai dizer. Fomos feitos para a glória de Deus. É um tempo novo para todos nós. O Espírito Santo é o único que pode transformar a desordem em ordem. Acredita e clama por este Espírito. O Espírito Santo é o único que pode nos ajustar à vontade de Deus, transformar o homem velho em homem novo. A RCC é a mesma. Não se afaste de graça. Somos crianças ainda dentro da história da Igreja Católica [A RCC teve início em 1967, em 2017 completará 50 anos]. Renova-te RCC!
Vamos meditar agora 2Cor 4,16 [segunta carta de São Paulo os coríntios, capítulo 4, verículo 16, “É por isso que não desfalecemos. Ainda que exteriormente se desconjunte nosso homem exterior, nosso interior renova-se de dia para dia”. No Espírito Santo rejuvenece-se. No corpo envelhece-se. Só tem jovem do Espírito Santo. Você está no auge da juventude espiritual. Dom da alegria profunda.
A identidade da RCC é o bastismo no Espírito Santo. Fazer semiários de dons, faz toda a diferença. A “pesca”deve ocorrer todas as semanas no grupo de oração. Não seja “profissional” do grupo, aquele que não prepara nada e faz tudo somente por prática.
O milagre de Deus faz a gente dar conta de tudo. Não esperar folgas, férias, aposentadoria. Escute a vontade de Deus.
Começa uma vida nova no Senhor.
Com o Batismo no Espírito Santo a pessoa entra em processo de conversão.
A gente foi se ajustando à desordem do mundo. Mas o que deve ocorrer é o contrário.
Temos de ser soldados, trabalhadores na oração. Não se ajuste à desordem do mundo.
A conversão é a resposta de quem escutou o Senhor.
Ter confiança em Deus. Entregar uma folha assinada em branco para Jesus e dizer: “Escreva o que quiser Senhor, confio na tua bondade e na tua infinita misericórdia, sei que de ti só vem o que é bom, ainda que pareça ou até mesmo seja sofrido em algumas ou muitas circuntâncias.” Ao final, nossa confiança será recompensada de modo impressionantemente generoso.
Não murmure [esse é um defeito grave]. Não se lamurie [isso não resolve nada e também é um defeito grave]. Entregue tudo nas mãos de Deus. Enfrente tudo com a oração, paciência e o silêncio. Não julgue as pessoas, coloque-as no coração de Jesus [durante a adoração].
Sempre haverá pessoas difícies no grupo. São elas que vão obrigar você a fazer o “Pequeno Caminho” de Santa Terezinha do Menino Jesus [para sabe mais a respeito, ler “História de uma Alma”ou procurar no blog http://grupo-aguaviva.blogspot.com.br/2013/08/o-pequeno-caminho-santa-teresinha-do.html.
Grupos de oração é para salvar almas, não para ser palco de exibição. Encharcar-se na graça de Deus, revestir-se de humildade e simplicidade. Nosso papel: “Resgatar Almas!” e isso é um trabalho no mais das vezes anônimo, como a graça de Deus também age discreta e imperceptivelmente na vida das pessoas.
Entregue tudo ao Senhor, não considere nada teu. Sempre seremos servos de Deus [O servo não é dono de nada, apenas presta o serviço e o Senhor pode utilizar-se do que faz o servo do modo que quiser, por isso, não espere aplausos do mundo nem reconhecimento das pessoas. Na verdade, a ingratidão, as calúnias e traições são uma prova de que Jesus está contigo e teu ministério e serviço lhe são agradáveis, pois por tudo isso passou o Senhor Jesus].
Todos os dias peça o BATISMO NO ESPÍRITO SANTO, para ti e para todos no grupo, especialmente quem veio pela primeira vez. Quem vem no grupo tem de sair cheio do Espírito Santo.
O Batismo no Espírito Santo não é um novo batismo. Batismo sacramental é só um, devidamente confirmado no Crisma. O Batistmo no Espírito Santo é para fazer a Água Viva do Batismo Sacramental vir à tona, como a perfuração de um poço artesiano. Nosso coração, pela influência das coisas do mundo, torna-se uma rocha e o Espírito Santo que nos foi concedido no batismo, fica “preso” e nossos “talentos” enterrados [é como se nunca houvéssemos sido batizados]. O Batismo no Espírito Santo rompe esta rocha, esse manto de pedra que envolve nosso coração, e aí a Água Viva do Espírito Santo vem à tona, e vem com força. É por isso que há uma diferença muito grande entre cristãos [leigos e sacerdotes] cheios do Espírito Santo e os que ainda não viveram esta experiência.
Por isso, peça, TODOS OS DIAS!!!!Batiza-me Senhor com teu Espírito e minha alma reviverá!!!!!! Peça para todas as pessoas do grupo de oração o Batismo no Espírito Santo, e esclareça bem do que se trata.
2) Ironi Spuldaro:
O que são os problemas perto de Deus?
Invocar o Espírito Santo [Tem de chamar!]. Bom dia Espírito Santo, o que vamos fazer juntos hoje!!??
Consagrar-se aos Espírito Santo todos os dias. Quem está no Espírito Santo já experimenta a vida eterna.
Bom Dia, Espírito Santo!!!! O que vamos fazer juntos hoje???
Jesus venceu a morte por nós. Creia na vida eterna.
Seja sempre humilde. Tenha simplicidade. Faça bom uso do silêncio [discernir, porém, se o silêncio não é omissão]. Não se ache a 4ª pessoa da Santíssima Trindade. O Espírito Santo faz tudo, sem Ele não fazemos nada. O grupo de oração é do Espírito Santo, não é nosso.
Ore, mesmo em silêncio, mas ore. Mas também saiba ouvir. O silêncio é importante para ouvir.
Nós evangelizamos com o silêncio, a simplicidade, o olhar, a vida virtuosa...depois vêm as palavras.
Quem confia nas pessoas afasta-se de Deus.
Clamar e pedir        “Jesus filho de Davi, tem compaixão de mim.”Bartimeu era cego, mas foi o único que “viu” [clamou e chamou, pediu ajuda, rezou, orou] Jesus.
Precisa falar com Deus. Ter uma vida de oração. Cuidar com secularismo, que acha que tudo é normal. Novela “sangue bom”? é sangue diabólico!... Sangue bom é o Sangue de Cristo!
Ter conversão. Viver a fé carismática [sem ostentação].
Servir a Deus por causa de Deus, não por causa de si.
Ser totalmente dependente do Espírito Santo. O que vamos fazer juntos hoje?
Voltar ao JEJUM. Rezar para o anjo da guarda.
Tem muito carismático que é bom para dar notícias [notícia ruim], mas quando ouve uma notícia ruim se desespera.
Não se esquecer da confissão sacramental, comunhão frequente, vida de oração, Lectio Divina (leitura orante da Bíblia) todos os dias.
Não ser cristão “Seis horas”, que vive pedindo “seis ora pra mim...”!...
Cuidar com o consumismo, comprar coisas que não precisa. Evite o orgunho, a gula. “Nunca te arrependas de ter comido pouco.”
Procure ser suave com as pessoas. Se estiver zangado, ofendido, enfesado (cuidado!). É preciso ter doçura, mas isso não significa ser ingênuo ou uma pessoa sem personalidade, não confunda simples como simplório! O equilíbrio é o bom uso da virtude da temperança (vem de tempero, saber dosar).
Pensa bem antes de dar um conselho. O que você aconselha seja você também. Do teu amigo fale bem, do teu inimigo nunca fale.
Humilidade. Joelho no chão. Escravidão ao Espírito Santo. Simplicidade!
Não seja acomodado você é um guerreiro.
Não existe qualidade de vida sem batismo no Espírito Santo. Precisamos tomar posse dessa graça do derramamento do Espírito Santo. Pedir o avivamento pelo Espírito Santo, o Senhor já está em nosso meio. Precisamos do batismo no Espírito Santo, nossa missão é incendiar a face da Terra.
Entrar pelas portas do cenáculo. A vida cristão não pode ser compreendida sem o Espírito Santo. Não pode ser fogo de palha, se tu és “fogo de palha” a culpa não é do fogo, é tua [semente lançada entre as pedras]. Qual o material que eu ofereço ao Espírito Santo? O fogo do Espírito Santo não é menos do que foi em Pentecostes. Não tente domesticar o Espírito Santo, não ofereça só papel ou palha, seja uma “lenha boa”.É preciso produzir frutos [do Espírito Santo], não ficar só consumindo os nutrientes [lembrar da parábola da figueira].
Ver para fazer. Novena da Beata Elena Guerra [um outro Cenáculo].
O Espírito Santo é inacessível para a natureza [mundo], mas é acessível pelo amor. Nada falta à alma cheia do Espírito Santo. O Espírito Santo é o hóspede da alma, sem alma somos cadáveres.
Deus é fiel, confie. Não diga não a Deus, o verdadeiro amor brota da cruz [não tenha medo de sofrer em razão dos compromisso assumidos em prol do grupo de oração, mesmo que a família “seja contra”, que “os cônjuges reclamem”, faça o que você puder, seu sacrifício será suficiente e Deus complementará o que você não puder fazer.






[1] Com apontamentos feitos por Marquinhos

quarta-feira, 25 de março de 2020

Tristeza, Decepção e Desânimo - Sentimentos a Serem Evitados e Vencidos [A importância de enfrentar os problemas sem sucumbir à frustração. Desânimo, a tentação das tentações. Vencendo a tristeza, vencendo a depressão, vencendo o desânimo. Oração para enfrentar e vencer o desânimo. Padre Marcelo Rossi e Monsenhor Jonas Abib].



A tristeza, a decepção e o desânimo são sentimentos inúteis e perigosos, que precisam ser evitados, sob pena de provocarem doenças. É sabido por todos que a tristeza, ou o popular desgosto, provoca estragos na saúde. Muitos casos de câncer são direta ou indiretamente associados a sentimentos tristes e melancólicos. E, o pior de tudo, é que a tristeza não tem utilidade alguma.

Vamos ver o que a Bíblia diz sobre a tristeza:

"Não entregues tua alma à tristeza. Não atormentes a ti mesmo em teus pensamentos. A alegria do coração é a vida do homem [e da mulher], E um inesgotável tesouro de santidade. A alegria do homem torna mais longa a sua vida. Tem compaixão de tua alma, torna-te agradável a Deus, e sê firme; Concentra teu coração na santidade, E afasta a tristeza para longe de ti, Pois a tristeza matou a muitos, e não há nela utilidade alguma." Eclesiástico, Capítulo 30, versículos de 22 a 25).

"8. Introduzir-vos-ei na terra que jurei dar a Abraão, a Isaac e a Jacó: e vos darei a possessão dessa terra, eu, o Senhor”. 9. Moisés repetiu essas palavras aos israelitas, mas estes não o ouviram, tão grande era o abatimento de sua alma e penosa a sua servidão." (Êxodo 6, 8-9)

"14. Iam falando um com o outro de tudo o que se tinha passado. 15. Enquanto iam conversando e discorrendo entre si, o mesmo Jesus aproximou-se deles e caminhava com eles. 16. Mas os olhos estavam-lhes como que vendados e não o reconheceram. 17. Perguntou-lhes, então: De que estais falando pelo caminho, e por que estais tristes? (...) 27. E começando por Moisés, percorrendo todos os profetas, explicava-lhes o que dele se achava dito em todas as Escrituras. 28. Aproximaram-se da aldeia para onde iam e ele fez como se quisesse passar adiante. 29. Mas eles forçaram-no a parar: Fica conosco, já é tarde e já declina o dia. Entrou então com eles. 30. Aconteceu que, estando sentado conjuntamente à mesa, ele tomou o pão, abençoou-o, partiu-o e serviu-lho. 31. Então se lhes abriram os olhos e o reconheceram... mas ele desapareceu." (Lucas 24, 14-17 e 27-30)

Você compreendeu bem? Prestou a devida atenção nas  linhas que eu tive o cuidado de grifar? É isso mesmo, prezado (a) amigo (a), além dos danos que causa à nossa saúde, NA TRISTEZA NÃO HÁ UTILIDADE ALGUMA. Como diz o Frei Jorge da Paz: "Ficar triste para quê meu irmão?". Ficar triste por quê? Para que serve a tristeza? PARA NADA. Por isso, MANDE A TRISTEZA PARA LONGE!!!!! Além disso, a tristeza causa cegueira na alma, de modo que nós, quando nos entregamos à tristeza, não nos damos conta das promessas que Deus faz para nós e da presença real e concreta de Jesus na fração do Pão (Eucaristia).

Também é muito importante esta passagem do livro "O Anticristo. Quem é e como age", do Frei Elias Vella:

"São Francisco aflige o diabo.

...São Francisco era atormentado continuamente pelo demônio. Assim, ele mesmo tratou de encontrar o antídoto contra o veneno para se prevenir dos ataques. E você sabe o que ele costumava dizer aos seus companheiros? Alegria espiritual (la perfetta letizia). O diabo fica todo faceiro - dizia o santo - quando ele consegue roubar a alegria do coração. Ele tenta jogar poeira nos pequenos espaços, na consciência, e assim ele polui a claridade da mente e a pureza da vida. Porém - ele continua dizendo - se o diabo encontrar em nós alegria dos espírito, então será inútil que a serpente jogue o veneno mortal. O diabo não conseguiu causar qualquer dano àquele que está repleto da alegria santa de Deus. Do contrário, se a alma encontra-se triste, melancólica, abatida, então será fácil ser levada embora, ou pela tristeza, ou pelo desespero ou por uma alegria superficial oferecida pelo diabo.
Portanto - comenta o historiador de São Francisco, Tomás de Celano - o santo estava sempre alegre e cheio de paz no coração, e assim conservava nele 'o óleo da alegria' (l'olio della letizia). Ele era muito cuidadoso, no sentido de evitar a melancolia, e entrava rapidamente em estado de oração, quando percebia que a tristeza queria reinar em seu coração.
É isto também que ensina Santo Tomás de Aquino: a alegria espiritual expulsa e derrota o demônio." (páginas 199 e 200.)

A decepção é outro veneno para o corpo e também para alma. Um coração decepcionado é um coração envenenado, e um coração envenenado está mais perto da morte. A decepção, a exemplo da tristeza, não tem utilidade alguma, além de provocar doenças e levar ao desânimo e à depressão.

Mesmo que você tenha motivos para se decepcionar, não se deixe abater. Reaja, vamos à luta, é hora de buscar vitórias na vida, não de ficar remoendo o passado, como se o nosso trauma fosse mais importante do que o restante de nossas vidas. A vida continua, não fique aí caindo pela tabelas, reaja e volte a sorrir e a viver, por mais difícil que pareça.

A respeito do desânimo, acho muito interessante uma lição do Padre Jonas Abib, tanto que me limito a transcrevê-la abaixo:



“De onde vem o desânimo que os problemas trazem? Para que você compreenda, vou lhe contar uma história: 'O diabo resolveu vender os instrumentos que usava para perder as pessoas. E fez uma enorme exposição com todos os instrumentos que costumava usar. Eram grandes ferramentas, como o ódio, a violência, bebedeira, corrupção, prostituição, tráfico de drogas, de armas, ofensas à pureza das pessoas... Enfim, lá estavam todos os seus instrumentos à venda. Porém, havia um instrumento separado de todos os outros e, apesar de velho e gasto, o seu valor era equivalente ao preço de todos os outros objetos juntos. Havia uma enorme curiosidade a respeito daquele objeto. Por que era tão caro? E o diabo lhes respondia: 'Compre e você verá o que é'. Devido ao custo ninguém o comprou e o diabo voltou a usá-lo, reconquistando tudo o que tinha vendido e muito mais. O instrumento surrado e dispendioso que ninguém comprou chamava-se desânimo. E o maligno explicou: 'Só o venderia por um alto preço porque me foi sempre muito útil. Se uso a droga, a violência ou a prostituição, logo a pessoa me reconhece e sabe que o instrumento é meu. Mas o desânimo não. As pessoas pensam ser algo de sua própria personalidade ou do seu temperamento. Acham que têm o direito de ficar desanimadas por causa dos problemas'. E acrescentou: 'Quando lhes dou a arma do desânimo, desanimadas, desfalecidas, faço qualquer coisa com elas. Elas acham que já possuem uma boa justificativa para sofrer e não reagem, pois, afinal de contas... Deus quis assim'.

Talvez você tenha sido vítima dessa ferramenta infernal e até pensava que diante dos fatos tinha o direito de ficar assim. E, desanimado, dizia, mesmo redundante: 'Como não ficar desanimado diante desta situação?' Se você não falou, certamente pensou. Graças a Deus, o diabo acabou entregando o jogo. Diante dessa historinha tão simples, mas tão reveladora é preciso tomar uma decisão:


Desânimo, nunca mais!

Quantas pessoas caíram no desânimo diante de problemas no casamento, problemas com os filhos, desemprego, falta de dinheiro e até por causa das enfermidades?

Quanta gente se destruiu por causa do DESÂNIMO! Ele pega fácil como resfriado. Por isso é preciso reagir imediatamente. O desânimo pode pegar você, mas você não pode deixar que ele se instale. Do contrário acontece como o resfriado. Se a gente se descuida, ele se instala e se transforma numa gripe, numa pneumonia... É um desastre. Com o desânimo, o desastre é ainda maior.

Assim que você sentir os primeiros sintomas desse mal [desânimo], combata-o imediatamente com tenacidade. Não o deixe se instalar. É um perigo muito grande.

Repito: o desânimo destruiu a muitos. Desarme esta bomba na sua vida enquanto é tempo. Levante esta bandeira: Desânimo, nunca mais! Aconteça o que acontecer... Sejam quais forem os problemas... Mesmo que eu não veja nenhuma possibilidade de solução... O desânimo não me pega mais! Especialmente se você, olhando para sua vida, percebe os efeitos destruidores do desânimo, declare guerra: Desânimo, nunca mais!”

Também acho importante um fragmento do parágrafo n. 1760 do Diários de Santa Faustina (A Misericórdia Divina na minha alma, Editora Mãe da Misericórdia, 38ª edição, página 447).

"...Não desanimes com a ingratidão. Não investigues curiosamente os caminhos pelos quais te conduzo. Quando o enfado e o desânimo baterem à porta do teu coração, foge de ti mesma e esconde-te no Meu Coração. Não tenhas medo da luta. A própria coragem muitas vezes afasta as tentações, que não ousam então nos acometer."

Também merece destaque esta publicação dos Arautos do Evangelho, em que o Monsenhor João Scognamiglio aborda o tema com muita propriedade.

Eis o fragmento:

"Nada alegra tanto o inimigo como o desânimo.

Portanto, a tentação não nos deve entristecer, pois representa a hora do heroísmo e da alegria é o momento de mostrarmos nosso amor a Deus. Cristo nos deu o exemplo! Nesses quarenta dias de orações e padecimentos no deserto, Ele conquistou as graças necessárias para a nossa perseverança, inclusive as graças específicas para fazermos bem os exercícios quaresmais, preparatórios para a Páscoa. E mesmo que sucumbamos ante alguma tentação, Ele nos obteve forças para levantar e prosseguir no caminho da santificação.


Assim, quando chegar a tentação, não podemos tolerar nenhum desânimo, pois quem resiste e quem já venceu é Cristo, Cabeça do Corpo Místico do qual somos membros.


O demônio, quando nos tenta, tem por objetivo primordial tirar-nos o ânimo, porque, se conseguir isso, nos prenderá em suas garras. O ânimo, pelo contrário, nos mantém nas mãos de Deus e Nossa Senhora.

'O que alegra o inimigo não são tanto as nossas faltas como o abatimento e a perda da confiança na misericórdia divina em que ela nos mergulham'. Por isso, adverte São Francisco de Sales numa carta dirigida a uma filha espiritual: 

'A desconfiança que sentis de vós mesma é boa, desde que sirva de fundamento à confiança que deveis ter em Deus; mas se ela vos conduzir a qualquer desânimo, inquietude, pesar e melancolia, conjuro-vos a rejeitá-la como a tentação das tentações, e a nunca conceder a vosso espírito oportunidade de disputar a replicar em favor da inquietação e do abatimento do coração a que vos sentirdes inclinada.'..." (Monsenhor João Scognamiglio, EP, na revista Arautos do Evangelho, nº 122, fevereiro de 2012, Texto: Convertei-vos e Crede no Evangelho, páginas 14-15).

Você percebeu?

O DESÂNIMO É A TENTAÇÃO DAS TENTAÇÕES.

------------------------------------------------

ORAÇÃO PARA ENFRENTAR E VENCER O DESÂNIMO

Deus, a Ti eu clamo: dentro de mim há trevas, mas em Ti encontro a luz. Sinto-me sozinho (a), mas Tu não me abandonas. Estou desanimado (a), mas em Ti encontro auxílio. Estou inquieto (a), mas em Ti encontro a paz. Dentro de mim há amargura, mas em Ti encontro paciência. Não compreendo Teus planos, mas Tu conheces o meu caminho. Vinde, Senhor em meu auxílio. Retira minha alma do abismo da morte. Cura e liberta meu coração de todas as amarras. Preciso de Ti, Senhor. Socorre-me em minhas angústias, ansiedade e todas as minhas preocupações. Muda tudo o que eu não posso mudar Senhor. Amém! 

Padre Marcelo Rossi


Mande para longe a tristeza, a decepção e o desânimo. Busque forças em Deus, pois ele é um manancial de bênçãos, sempre pronto a socorrer aqueles que pelejam.

Recomendo assistirem o vídeo “Vacina contra o desânimo”, do saudoso Padre Léo.

http://www.cancaonova.com/portal/canais/pejonas/informativos.php?id=2181


terça-feira, 24 de março de 2020

Consagração a São José




Ó Glorioso São José, Patriarca e Padroeiro da Igreja!
Ó Castíssimo Esposo da Virgem Mãe de Deus!
Ó Guardião e Pai adotivo do Verbo Encarnado!

Na presença de Nosso Senhor Jesus Cristo, da Santíssima Virgem Maria, de nossos Anjos da Guarda e de toda Corte Celeste, nós hoje vos escolhemos como pai, guardião e protetor.

Imitando a Jesus e Maria, queremos hoje nos consagrar a vós. Debaixo de vossa proteção, colocamos nosso Apostolado, nossas Famílias e tudo aquilo que somos e temos. Recebei-nos de corpo e alma. Zelai pelo nosso crescimento espiritual e por todos os nossos bens interiores e exteriores.

Ó bondoso São José, a quem Deus constituiu como chefe da Sagrada Família, aceitai-nos em vossa Casa. Por vossas mãos e pelas mãos da Virgem Maria, concedei que possamos estar sempre unidos a Jesus para servi-lo fielmente, todos os dias de nossa vida.

Ó guardião bendito e majestoso protetor, não permitais que sejamos abandonados em nossas necessidades, mas acolhei-nos como servos inúteis e membros de vossa Sagrada Família.

Ó clementíssimo São José, concedei-nos tempos de paz e de saúde para que, em tudo, possamos realizar a vontade de Deus. Livrai-nos dos castigos que merecemos, protegei-nos dos males que padecemos.

Ó São José, Terror dos Demônios, aumentai em nós a virtude, protegei-nos do maligno e socorrei-nos na hora da tentação. E dai-nos, na hora da morte, assistidos por Jesus e Maria, nos unir a vós na felicidade eterna, para o louvor e para a glória da Santíssima Trindade. Amém.

segunda-feira, 23 de março de 2020

ORAÇÃO PEDINDO A EFUSÃO DO ESPÍRITO SANTO - Vinde Espírito Santo - Veni Creator Spiritus - Oração para pedir os dons carismáticos.



ORAÇÃO PEDINDO A EFUSÃO DO ESPÍRITO SANTO




ORAÇÃO PEDINDO A EFUSÃO DO ESPÍRITO SANTO
“...Ele vos batizará no Espírito Santo e no Fogo.” (Lucas 3,16)

“...O Espírito Santo age em você, mais do que você imagina”
SENHOR: Derrama Teu Espírito Santo sobre mim. Derrama Teu Amor, Tua Luz, Tua Força, Tua Coragem. Derrama o dom de servir e de partilhar. Derrama em especial o dom do LOUVOR para que, em tudo e por tudo, eu glorifique o Senhor nosso Deus!

SENHOR:Derrama o DOM DA SABEDORIA,
              Derrama o DOM DA PIEDADE,
              Derrama o DOM DA FORTALEZA,
              Derrama o DOM DA CIÊNCIA,
              Derrama o DOM DO CONSELHO,
              Derrama o DOM DO ENTENDIMENTO,
              Derrama o DOM DO TEMOR DE DEUS.

SENHOR: Derrama teus DONS CARISMÁTICOS ESPIRITUAIS (1 Cor., 12). Derrama o DOM DA PALAVRA: Línguas, interpretação, profecia. Derrama o DOM DE PODER: Fé, cura e milagres. Derrama o dom de REVELAÇÃO: sabedoria, ciência e discernimento que me leve à oração, à interioridade, à paz, à ação, ao compromisso, à luta para construir o teu REINO.

SENHOR: Dá-me o teu ESPÍRITO SANTO para renovar meu coração. Enche-me de fé para revelar a todos os FRUTOS do Teu ESPÍRITO: Amor, Alegria, Bondade, Paz, Domínio, Mansidão, Fidelidade, Longanimidade e Benignidade (Gl. 5,22).

VINDE ESPÍRITO SANTO,  vinde em auxílio de minha fraqueza, ficai comigo e derramai sobre mim vossas Divinas Bênçãos. Em nome de JESUS, amém, aleluia.

“...recebereis um poder quando o Espírito Santo descer sobre vós. Então sereis minhas testemunhas, até os confins da terra” (Atos 1,8)
 

Veni Creator Spiritus! (Vem, Espírito Criador!)

 
VINDE ESPÍRITO CRIADOR, a nossa alma visitai e enchei os corações com vossos dons celestiais.
 
Vós sois chamado o Intercessor de Deus excelso dom sem par, a fonte viva, o fogo, o amor, a unção divina e salutar.
 
Sois o doador dos sete dons e sois poder na mão do Pai, por Ele prometido a nós, por nós seus feitos proclamai.
 
A nossa mente iluminai, os corações enchei de amor,
nossa fraqueza encorajai, qual força eterna e protetor.
 
Nosso inimigo repeli, e concedei-nos a vossa paz,
se pela graça nos guiais, o mal deixamos para trás.
 
Ao Pai e ao Filho Salvador, por vós possamos conhecer que procedeis do Seu amor, fazei-nos sempre firmes crer. Amém!
 

Dia do Imaculado Coração de Maria!

"O Imaculado Coração de Maria é uma devoção católica que ganhou grande destaque com as aparições de Fátima. Consiste na veneraç...