quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Dia 15 de setembro - Dia de Nossa Senhora das Dores


Nossa Senhora das Dores, escultura de Aleijadinho
Nossa Senhora das Dores (também chamada Nossa Senhora da Piedade, Nossa Senhora da Soledade, Nossa Senhora das Angústias, Nossa Senhora das Lágrimas, Nossa Senhora das Sete Dores, Nossa Senhora do Calvário ou ainda Nossa Senhora do Pranto, e invocada em latim como Beata Maria Virgo Perdolens, ou Mater Dolorosa) é um dos plúrices títulos pelos quais a Igreja Católica venera a Virgem Maria, sendo sob essa designação particularmente cultuada em Portugal.

O culto à Mater Dolorosa iniciou-se em 1221, no Mosteiro de Schönau, na Germânia. Em 1239, a sua veneração no dia 15 de Setembro teve início em Florença, na Itália, pela Ordem dos Servos de Maria (Ordem Servita). Deve o seu nome às Sete Dores da Virgem Maria:
1-As profecias de Simeão sobre Jesus (Lucas, 2, 34-35)
2- A fuga da Sagrada Família para o Egito (Mateus, 2, 13-21);
3- O desaparecimento do Menino Jesus durante três dias (Lucas, 2, 41-51);
4- O encontro de Maria e Jesus a caminho do Calvário (Lucas, 23, 27-31);
5- Maria observando o sofrimento e morte de Jesus na Cruz (João, 19, 25-27);
6- Maria recebe o corpo do filho tirado da Cruz (Mateus, 27, 55-61);
7- Maria observa o corpo do filho a ser depositado no Santo Sepulcro (Lucas, 23, 55-56).
Prezados amigos, a passagem pela vida faz com que passemos, de tempos em tempos, por situações de sofrimento. Observemos que nem mesmo a Santíssima Vírgem Mãe de Deus foi poupada destes momentos, passando indiscutivelmente por 7 situações de dor intensa, como referido acima.
Portanto, quando nós sofremos, o melhor a fazer é buscar consolação em Cristo Jesus Senhor Nosso, pois é necessário passar por muitas dificuldades para entrar no Reino dos Céus. O mundo é campo de batalha, lugar de luta, aqui não é o lugar do nosso descanso. Vejam o exemplo de Nossa Senhora das Dores que, enquanto esteve nesse mundo, nunca ficou sem passar por adversidades.
Sofremos, pois, com paciência! Alegremo-nos sempre no Senhor! Pois é por este caminho estreito que se vai ao Reino dos Céus.
Um forte abraço a todos.
Marcos Suzin,
Coordenador do Grupo Água Viva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este BLOG foi útil para você? Deixe seu testemunho! Sua opinião é muito importante para nós.