terça-feira, 13 de janeiro de 2009









A lição da Borboleta

Sentado ao pé de uma árvore, um menino observava atentamente o lento nascimento de uma borboleta.
Há algumas horas ela se esforçava para fazer o corpo passar pela pequena abertura em seu casulo. Até que, num dado momento, pareceu ter ido o mais longe que podia; já não fazia mais nenhum progresso.
Aflito, o menino decidiu ajudar a borboleta. Com uma tesoura, cortou o casulo e a libertou. O corpo do inseto estava murcho e suas asas, amassadas. O menino continuou a observar a borboleta, certo de que, de uma hora para outra, ela sairia voando.
Mas, não foi isso o que aconteceu. Na verdade, o bichinho passou o resto da vida rastejando com um corpo fraco e as asas encolhidas. Nunca foi capaz de voar.
O menino só quis ajudar a borboleta. Mas ele não compreendia uma coisa: que era justamente por meio do esforço que o corpo e as asas dela se fortaleciam. Que era desse modo que Deus, em sua sabedoria, preparava-a para voar assim que deixasse o casulo.
Também nós, muitas vezes, precisamos passar por situações difíceis na vida. Se não fossem os obstáculos, o que nos tornaria fortes?
A vida é assim: pedimos força e recebemos dificuldades para nos fazer fortes; pedimos sabedoria e recebemos problemas para resolver; pedimos coragem e recebemos o desconhecido para enfrentar; pedimos amor e recebemos pessoas com problemas para ajudar; pedimos favores e recebemos oportunidades.
Talvez não recebamos exatamente o que pedimos. Mas sempre temos tudo de que precisamos.
Um abraço a todos, e a paz de Jesus e o amor de Maria!!
Ronaldo Pimentel da Costa,
Grupo de Oração Água Viva

Um comentário:

  1. muito util faz c q nos refletimos sobre os momentos bons e ruins da nossa vida.

    ResponderExcluir

Este BLOG foi útil para você? Deixe seu testemunho! Sua opinião é muito importante para nós.