terça-feira, 31 de maio de 2016

TREZENA DE SANTO ANTÔNIO [Conforme fórmula do Oratório da Rua João Teodoro Duarte - Vacaria-RS]




SINAL DA CRUZ
Pelo sinal da SANTA CRUZ, livrai-nos, Deus, Nosso Senhor, dos nossos inimigos. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

ORAÇÃO PREPARATÓRIA
 Abri, Senhor, os meus lábios para louvar o Vosso Santo Nome. Purificai também meu coração de todo pensamento vão, perverso e alheio. Iluminai o meu entendimento. Inflamai a minha vontade, para que eu possa fazer digna, atenta e devotadamente esta TREZENA em honra de nosso excelso padroeiro SANTO ANTÔNIO, e mereça ser atendido perante o trono de Vossa Majestade. Por Cristo, Nosso Senhor. Amém.

INVOCAÇÃO
V. Deus, vinde em meu auxílio.
R. - Senhor, apressai-Vos em me socorrer.
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Assim como era no princípio agora e sempre. Amém.

Vinde Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo de Vosso Amor.
V. - Enviai o Vosso Espírito e tudo será criado.Ó
R. - E renovareis a face da Terra.


OREMOS
Deus, que iluminastes os corações do fiéis, com a luz do Espírito Santo, concedei-nos que o mesmo Espírito instrua as nossas almas com a expressão de sua verdade, e as console sempre com as suas delícias celestiais. Por Jesus Cristo, Nosso Senhor. Amém.

SÚPLICAS A SANTO ANTÔNIO
Ó grande Taumaturgo - que abraçado a JESUS sois tão poderoso e belo, dignai-vos baixar o olhar para quem tanto necessita de vosso amparo. Vossa vida foi uma imolação pelos pobres e desamparados. Vosso nome no Céu inspira confiança na Terra. Aqui está mais um devoto que vos quer homenagear e cantar as vossas grandezas. Já que sois tão amigo de JESUS, recomendai-me a Ele e atraí-me, também, ao seu DIVINO CORAÇÃO. Se o tenho ofendido, impetrai o perdão, pois dora em diante não mais o magoarei.
Ó grande amigo de Jesus, ensinai-me o caminho da humildade que vos fez tão grande e poderoso. Dai-me a sabedoria do Evangelho que vos soergueu da Terra. Inflamai-me no amor que vos uniu a Jesus. Assisti-me em todos os perigos e necessidades. Socorrei-me em todas as aflições. Valei-me na vida e particularmente na hora da morte. Amém.
REZAR: PAI NOSSO - AVE-MARIA - GLÓRIA AO PAI.

NOVENA  A SANTO ANTÔNIO 
(Oração para todos os dias)
Ó Deus de infinita majestade, que sois o mesmo Amor, Vós que quisestes ostentar os tesouros inefáveis de vossa caridade ao jovem e humilde Antônio, dignai-Vos lançar sobre nós um olhar de misericórdia, e conceder-nos as graças pela sua poderosa intercessão vos pedimos.
Ó Maria, Mãe Imaculada de Jesus, que entregastes os vosso Filho nos braços de Antônio, fazei-nos dignos de igual amizade nesta terra e da posse eterna do Céu. Assim seja.

ORAÇÃO PARTICULAR A SANTO ANTÔNIO
(Para recitar antes de cada dia)
Eu vos saúdo, grande SANTO ANTÔNIO, pai e protetor. Eis-me aqui, humildemente prostrado a vossos pés, para pedir-vos, intercedei por mim diante de NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, para que Ele se digne conceder, por vosso intermédio, a graça que desejo (...pede-se a graça...), se for a vontade de Deus, à qual me submeto inteiramente. Peço-vos, amado santo, pela firme confiança que deposito em Maria, a quem tanto honrastes, imploro-vos, pelo amor desse doce JESUS MENINO, que carregaste em vossos braços. Suplico-vos, or todos os favores que ele vos concedeu neste mundo, pelos prodígios sem número que DEUS operou e continua a operar diariamente por vossa intercessão. Peço-vos, enfim, pela grande confiança que tenho em vossa proteção. ASSIM SEJA. 
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio...
V. Rogai por nós bem-aventurado Antônio.
R. Para que sejamos dignos das promessas de CRISTO.
OREMOS
Oh! Deus, nós vos suplicamos que alegre a vossa Igreja a solenidade votiva do Bem-aventurado Antônio, vosso confessor e doutor, para que, fortalecida sempre com os espirituais auxílios, mereça gozar dos prazeres eternos. Por JESUS CRISTO NOSSO SENHOR. Amém.

1º DIA
Ó glorioso SANTO ANTÔNIO, que na idade de cinco anos, conhecendo o nada de todo o criado e renunciando às brilhantes esperanças de uma vida distinta e cômoda, vos consagrastes inteiramente ao serviço de DEUS e à santificação de vossa alma, ajudai a [na] minha fraqueza, para que corresponda com a maior generosidade e fervor a tantas graças de meu SENHOR e às suas divinas inspirações.
À vossa imitação estou também resolvido a desprender o meu coração de todos os bens desta terra e consagrar-me a uma vida [santa] e virtuosa. Se não tenho empregado até hoje minha vida inteira em servir e amor a DEUS, que ao menos o tempo que me resta se empregue em honrar a ELE só. E vós, bendito Santo Antônio, tende piedade de mim e alcançai-me a graça que vos peço. Assim seja.
REZAR: PAI NOSSO - AVE-MARIA - GLÓRIA AO PAI (agora reze o Responsório de Santo Antônio que está no final).

2º DIA
Admirável Santo Antônio, que na solidão do claustro assombrastes os mesmos anjos pelo fervor das vossas virtudes e vosso amor a Deus, ajudai a minha fraqueza para que eu também possa amá-Lo e servi-Lo fielmente. Alcançai-me uma centelha de vosso amor a Jesus Crucificado.
Olhai, também, para a nossa mocidade transviada e indiferente. Não permitais que se escoem os melhores anos de vida em amar a terra e seus vis prazeres.
Ó jovem Serafim, abrasai-me no amor verdadeiro e sólido que se alimenta no sacrifício e na prática dos sagrados deveres de estado.
REZAR: PAI NOSSO - AVE-MARIA - GLÓRIA AO PAI (agora reze o Responsório de Santo Antônio que está no final).

3º DIA
Ó glorioso Santo Antônio, Anjo de oração, que aos dez anos afugentastes o demônio pelo sinal da Cruz que se gravou no duro mármore, ensinai-me a rezar com recolhimento e dai-me o dom da piedade. Gravai, também, no meu coração a Cruz do Senhor, para que nunca o tentador me afaste do meu Deus.
Abri os meus olhos para que possa descobrir os laços que me arma. Fazei que no momento da tentação possa repetir com feliz êxito: "EIS A CRUZ DO SENHOR, FUGI LEGIÕES INIMIGAS, VENCEU O LEÃO DA TRIBO DE JUDÁ, CRISTO SENHOR NOSSO. ALELUIA". Assim seja.
REZAR: PAI NOSSO - AVE-MARIA - GLÓRIA AO PAI (agora reze o Responsório de Santo Antônio que está no final).

4º DIA
Ó Santo Antônio; a quem a Igreja conferiu o título de Doutor Evangélico, Arca do Testamento, pelo grande amor que tiveste à Palavra de Deus revelada; iluminai a minha mente e abrasai o meu coração para melhor conhecer e amar o meu Deus. Fazei que eu viva da fé, mas de uma fé sólida e inabalável, uma fé que se manifesta pelas obras e pelo bom exemplo.
Convertei os infiéis pelos quais quisestes sacrificar a vida, reconduzi à verdadeira fé os hereges, para cuja conversão tanto zelo patenteastes.
Ó glorioso Luminar da Igreja, fazei que a fé volte ao mundo e que o mundo volte para Deus.
REZAR: PAI NOSSO - AVE-MARIA - GLÓRIA AO PAI (agora reze o Responsório de Santo Antônio que está no final).

5º DIA
Ó incomparável Taumaturgo, Deus vos conferiu tão extraordinários poderes que nos faz repetir: "Se milagres desejais, recorrei a Santo Antônio...". Não há recanto da Terra que não celebre e cante o vosso poder. Passastes pelo mundo fazendo o bem e no céu continuais a olhar para todas as nossas necessidades.
Santo portentoso, vós bem conheceis a nossa indigência. Ressuscitai, se for preciso, os mortos pelo pecado; curai a lepra de muitas almas perdidas pelo vício; restituí aos jovens a inocência; dai aos pobres o pão quotidiano e o Pão da Vida. A todos dai a fé, a esperança e a caridade; e atraí-nos ao eterno amplexo de Jesus Menino.
REZAR: PAI NOSSO - AVE-MARIA - GLÓRIA AO PAI (agora reze o Responsório de Santo Antônio que está no final).

6º DIA  
Santo Antônio, Lírio de Pureza, que aos cinco anos consagrastes a vossa virgindade à Virgem Imaculada, e com tanto carinho a conservastes que merecestes o amplexo do Lírio dos Convales, alcançai-me o dom da santa pureza de espírito e de coração.
Querido Anjo em carne, afastai de mim os maus pensamentos, desejos e afetos desregrados. E se o simples contato de vosso hábito expulsou os fantasmas e tentações de um pobre atribulado, rogo-vos não me deixeis à mercê de tão atrozes tentações e importunas solicitações.
Ó Santo Antônio, pedi à Virgem Imaculada que fortifique minha vontade, encha o coração de puríssimo amor de Jesus, e guarde intacta a estola cândida do Santo Batismo.
REZAR: PAI NOSSO - AVE-MARIA - GLÓRIA AO PAI (agora reze o Responsório de Santo Antônio que está no final).

7º DIA
Santo Antônio, amigo dos pobres e enfermos, na vossa vida mortal enxugastes as lágrimas dos que recorreram ao vosso poder taumaturgo; por essa vossa prerrogativa, humildemente vos suplicamos venhas em auxílio de nossos pobres enfermos, que são os membros mortificados de Jesus Cristo. Assisti-os em suas dores, alentai-os nos sofrimentos e, se apraz à Divina Providência, dai-lhe a desejada saúde de corpo, e principalmente da alma, que  é ainda mais preciosa.
Ó grande amigo dos que sofrem, ouvi-lhes os gemidos, dai-lhes a conformidade e paciência nos duros transes da vida e, particularmente, no último combate, na hora da morte.
A todos mostrai o meigo Jesus que trazeis nos braços.
REZAR: PAI NOSSO - AVE-MARIA - GLÓRIA AO PAI (agora reze o Responsório de Santo Antônio que está no final).

8º DIA
Poderoso Santo Antônio, que entrando na ordem de São Francisco, renunciastes generosamente às riquezas e esperança deste mundo, nós vos pedimos, pelo poder que Deus vos concedeu, sejais protetor de nosso bens, emprego, fortuna e reputação. Se algum dia, porém, fôssemos deles privados, fazei com que o recuperemos, segundo a vontade de Deus e para meio de nossa eterna salvação. Sabendo, contudo, que a graça de Deus e os bens espirituais valem mais que todas as riquezas da Terra, prontos estamos a tudo perder antes que renunciar à divina graça e aos soberanos interesses de nossa salvação. Não permitais que alguém nos prive desta graças, e, se tão grande infortúnio vier a acontecer-nos, restituí-nos prontamente a amizade de Jesus. Grande Santo, guardai-nos o verdadeiro e Sumo Bem, e fazei que para nós, também, abra os braços de seu eterno Amor no amplexo sempiterno.
REZAR: PAI NOSSO - AVE-MARIA - GLÓRIA AO PAI (agora reze o Responsório de Santo Antônio que está no final).

9º DIA
Ó glorioso Santo Antônio, abrasado de amor celestial para com Jesus Sacramentado, aumentai a minha fé neste Augusto Sacramento... Para provardes a real presença de Jesus na Hóstia Santa fi11zestes dobrar os joelhos aos próprios irracionais. Fazei, querido Santo, que ao entrar numa igreja meu joelho se dobre reverente num ato de fé profunda que me faça exclamar com o Pai Seráfico de Assis: "Nós vos adoramos, SS. Senhor Jesus Cristo, aqui e em todas as igrejas, e vos bendizemos, porque pela vossa santa Cruz remistes o mundo".
"Martelo dos Hereges", dissipai toda a dúvida sobre a Realeza Sagrada que se contém neste Grande Sacramento. Que o Pão dos Anjos seja meu alimento e minha fortaleza e o penhor de minha eterna Ressurreição.
REZAR: PAI NOSSO - AVE-MARIA - GLÓRIA AO PAI (agora reze o Responsório de Santo Antônio que está no final).

10º DIA
Poderoso Santo Antônio, fiel servo da Maria Imaculada, alcançai-me terna devoção à tão boa Mãe. Fazei que por Ela chegue até perto de Jesus, único fim de todo criado.
Ínclito defensor da sua Gloriosa Assunção aos Céus, fazei-me digno filho de tão poderosa e bendita Mãe; e se não me é dada a ventura de contemplá-la e falar-lhe na terra como vos foi concedido, ao menos um dia possa alegrar-me der vê-la eternamente na glória dos Céus. Dai-me para isso, querido Intercessor, a Pureza do vosso Imaculado Lírio, e o amor seráfico de vosso jovem coração.
REZAR: PAI NOSSO - AVE-MARIA - GLÓRIA AO PAI (agora reze o Responsório de Santo Antônio que está no final).

 11º DIA
Humilde Santo Antônio, favorecido por Deus de extraordinário saber e conhecimento profundo das Ciências Sagradas, soubestes não só ocultar os raros talentos, mas ainda vos alegráveis de ser tido como um nada deste mundo, e o último de vossos confrades. Dai-me a verdadeira humildade de espírito e de coração, e o conhecimento de mim mesmo. Bem sei que a falta desta virtude é a causa de minha ruína espiritual e de minhas contínuas recaídas. Fostes puro, porque humilde; fostes caridoso, porque vos julgáveis servo de todos; amigo de Jesus, porque pequenino; grande e poderoso no Céu, porque simples e humilde na Terra.
REZAR: PAI NOSSO - AVE-MARIA - GLÓRIA AO PAI (agora reze o Responsório de Santo Antônio que está no final).

12º DIA
Santo Antônio, Pérola Franciscana, pela caridade seráfica, trinta e seis anos de vida foram bastante para vos elevar ao mais alto grau de glória e à união mais perfeita com Jesus. Ainda tenra flor de inocência desabrochastes para Deus. Ao verdes as relíquias dos mártires franciscanos, resolvestes abraçar o martírio, derramando o sangue pelo amor de Jesus. Soldado incansável na vinha do Senhor que tombastes nos braços de Jesus e Maria, alcançai-me o Amor do Serafim de Assis que tiveste como modelo de vossa vida breve e preciosa. Querido Santo, acabai de uma vez com as minhas infidelidades e friezas, atraí-me a Jesus, para começar ainda nesta vida o cântico do amor, que convosco no Céu durará eternamente. "porque a caridade jamais se extingue".
REZAR: PAI NOSSO - AVE-MARIA - GLÓRIA AO PAI (agora reze o Responsório de Santo Antônio que está no final).

13º DIA
 Glorioso Santo Antônio, pela vossa terna devoção a Jesus e à sua Mãe Santíssima, merecestes mais vezes estreitar em vossos braços o Divino Menino e receber o aviso do término de vossa existência. Astro luminoso do mundo cristão, radiosa estrela do Céu, da Igreja e da Ordem Seráfica, que tivestes a dita de acabar os vossos dias em paz, descansando nos braços da carinhosa Mãe do Céu e docemente abraçado a Jesus, alcançai-me semelhante devoção para merecer a consolação dos justos na hora da morte, e depois a eterna glória nos céus.
REZAR: PAI NOSSO - AVE-MARIA - GLÓRIA AO PAI (agora reze o Responsório de Santo Antônio que está logo abaixo).

 RESPONSÓRIO DE SANTO ANTÔNIO 
Se milagres desejais,
Recorrei a Santo Antônio.
Vereis fugir o demônio
E as tentações infernais.

Recupera-se o perdido.
Rompe-se a dura prisão.
E no auge do furacão,
Cede o mar embravecido.

Todos os males humanos,
Se moderam, se retiram.
Digam-no aqueles que o viram.
E digam-no os paduanos.

Recupera-se o perdido.
Rompe-se a dura prisão.
E no auge do furacão,
Cede o mar embravecido.

Pela sua intercessão,
Foge a peste, o erro e a morte,
O fraco torna-se forte,
E torna-se o enfermo são.

Recupera-se o perdido.
Rompe-se a dura prisão.
E no auge do furacão,
Cede o mar embravecido.

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.

Recupera-se o perdido.
Rompe-se a dura prisão.
E no auge do furacão,
Cede o mar embravecido.

V. Rogai por nós, bem-aventurado Antônio.
R. Para que sejamos dignos das promessas de CRISTO.

OREMOS
Ó Deus, nós vos suplicamos, que alegre à Vossa Igreja a solenidade votiva do bem-aventurado Antônio, vosso confessor e doutor, para que fortalecida sempre com os espirituais auxílios, mereça gozar dos prazeres eternos. Por Cristo, Nosso Senhor. Amém.


domingo, 22 de maio de 2016

Santa Rita de Cássia - Dia 22 de maio - Breve História, Oração diária e oração do dia 22 de cada mês.



               
 BREVE HISTÓRIA DE SANTA RITA

Santa Rita de Cássia ou Santa dos Impossíveis, como é geralmente conhecida a grande advogada dos aflitos, nasceu em Rocca Porena, perto de Cássia (Itália), em 22 de Maio de 1381, tendo por pais Antônio Mancini e Amada Ferri. O nascimento da Santa foi precedido por sinais maravilhosos e visões celestiais que fizeram seus pais perceberem algo da futura e providencial missão de Rita, que seria colocada no mundo para instrumento da misericórdia de Deus em favor da humanidade sofredora.

Desde jovem, Rita tinha intenção de ser religiosa, mas seus pais, temendo que ela ficasse sozinha, resolveram casá-la com um jovem de família nobre, mas de temperamento excessivamente violento.  Ela suportou pacientemente tal situação por 18 anos. Como ele tinha muitos inimigos, foi assassinado. A viúva suportou a dolorosa perda, perdoando os assassinos. Porém, crescia em seus filhos o desejo de vingança. Rita pediu que Deus os levasse, pois seria melhor que outra tragédia. Assim, perdeu os filhos. Rita estava livre para dedicar-se a Deus e pediu para entrar no Convento das religiosas Agostinianas da cidade. Mas naquela comunidade só podiam entrar virgens. Então, ela transformou sua casa num claustro, onde rezava as orações habituais das religiosas. 

Uma noite, enquanto rezava, ouviu três batidas violentas em sua porta e uma voz lá de fora dizia: “Rita! Rita!”. Abriu a porta e viu em sua frente três Santos, que rapidamente a levaram ao Convento onde havia sido negada três vezes. Os mensageiros fizeram-na entrar, apesar das portas estarem fechadas, e deixaram Rita de Cássia em um dos claustros. Depois desapareceram. A superiora ficou fascinada com essa manifestação Divina. As religiosas decidiram por unanimidade que a viúva fosse recebida. Admitida noviça Rita começou a trabalhar para realizar seus desejos. Consagrou-se à oração e penitência, seu corpo foi seguidamente flagelado. Passava os dias a pão e água e noites sob vigília e oração.

Certo dia pediu com extraordinário fervor que um estigma de Jesus aparecesse para sentir a dor da redenção. Em uma visão, Rita recebeu um espinho cravado em sua testa. A chaga ficou por toda a vida e ainda pode-se vê-la em sua cabeça conservada intacta com o resto do corpo.

Um dia uma parente foi visitá-la, ela agradeceu a visita e ao se despedir pediu que lhe trouxesse algumas rosas do jardim. Como era inverno e não tinha rosas, pensaram que Rita estava delirando e sua visitante não ligou para seu pedido. Como para voltar para casa teria que passar pelo jardim olhou e se surpreendeu ao contemplar quatro lindas rosas que se abriram entre os ramos secos. Admirada do prodígio, entrou no jardim, colheu as flores e as levou ao Convento de Cássia. Nesta época, Rita estava muito doente e morreu em 22 de Maio de 1457.

No dia seguinte, seu corpo foi colocado na Igreja do Convento. Todos os habitantes da cidade foram venerar a religiosa.


ORAÇÃO DIÁRIA A SANTA RITA DE CÁSSIA

Ó Deus,
que vos dignastes conferir à Bem-aventurada Rita tamanha graça que,
havendo-vos ela imitado no amor dos seus inimigos,
trouxesse no coração e na fronte os sinais de vossa caridade e sofrimento,
concedei-nos,
vos suplicamos,
que pela sua intercessão e merecimentos
amemos os nossos inimigos,
e com o espinho da compunção perenemente
contemplemos as dores de vossa paixão
e assim mereçamos o prêmio por vós prometido
aos que choram e têm manso o coração.
Vós que viveis e reinais pelos séculos dos séculos. Amém

 ORAÇÃO A SANTA RITA PARA SER REZADA NO DIA 22 DE CADA MÊS.

Belíssimo, como os fulgores do paraíso, foi para vós, gloriosa Santa Rita, o dia 22 de maio de 1457, que vos abriu as portas da Jerusalém Celeste, onde por todos os séculos vos foi cingida a fronte com a esplêndida coroa dos Santos e da eterna felicidade.   Belo também para nós, feridos pelo espinho do degredo neste vale de lágrimas, aquele dia feliz em que começastes a espalhar sobre o mundo o bálsamo consolador do vosso patrocínio; belo e cheio de alegria para todos os pobres filhos de Eva, degredados nesta terra semeada de espinhos, inundada de lágrimas e envolta nas trevas da morte.   Saturados de amarguras, mas cheios de fé e confiança, elevamos nossos olhares até vós, ó Santa Rita, que fostes constituída por Deus poderosa mediadora de todas as necessidades.   Se é doce e consolador prostrar-se alguém diante de vós e vos consagrar o dia 22 de cada mês, como feliz lembrança de vosso felicíssimo trânsito, princípio para nós de conforto pela vossa contínua proteção, não susteis para o futuro o amor que dispensais aos vossos devotos, e fazei que a vossa proteção seja para nós escudo contra o pecado.   Intercedei por nós, ó Advogada dos “Impossíveis”, Santa dos amargurados tempos que atravessamos, socorrei os pobres, ajudai os fracos, sarai os doentes, confortai os aflitos, protegei a Santa Igreja e o Papa, e abençoai as nossas famílias e toda esta Paróquia.   Neste dia abençoado, nós vos saudamos, ó gloriosa Santa Rita. Rogai por nós, ó Taumaturga de Cássia e Padroeira nossa, para que sejamos dignos de alcançar as promessas de Cristo. Amém (Pai Nosso, Ave Maria, Glória)

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Poderosa oração a Nossa Senhora de Fátima.





Santíssima Virgem,
que nos montes de Fátima
vos dignastes revelar a três pastorinhosos
tesouros de graças contidos
na prática do vosso santo Rosário,
incuti profundamente em nossa alma
o apreço em que devemos ter esta devoção, a vós tão querida,
a fim de que, meditando os mistérios da Redenção,
que neles se comemoram,
nos aproveitemos de seus preciosos frutos e alcancemos a graça (……………………….) que vos pedimos, se for para a glória de Deus
e proveito de nossas almas.
Assim seja.
Pai-nosso, Ave-Maria, Glória ao Pai.

domingo, 8 de maio de 2016

“Mulher, eis aí o teu filho; (...) “Eis aí tua mãe” (Jo 19, 25-27)



“Mulher, eis aí o teu filho; (...) “Eis aí tua mãe” (Jo 19, 25-27)

Certa vez os fariseus e saduceus foram até João, o Batista. Cheio do Espírito Santo desde o ventre materno, João os reconheceu rapidamente, e percebeu que eles não tinham contrição alguma, que não queriam arrepender-se de seus pecados e tampouco converter-se da vida injusta que levavam.
Ao desmascará-los, João falou em alta voz:
 “Raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da cólera vindoura? Dai, pois, frutos de verdadeira penitência. Não digais dentro de vós: Nós temos a Abraão por pai! Pois eu vos digo: Deus é poderoso para suscitar dessas pedras filhos de Abraão.” (Mateus 3, 7-9)
Você observou bem a parte que eu grifei acima? Que Deus tem poder para fazer nascer das pedras filhos de Abraão. A repreensão era em virtude que os fariseus e saduceus achavam que, por terem a descendência de Abraão, não precisariam conversão e que eram completamente justos, vivendo, no entanto, uma vida pecaminosa e cheia de maldades.
Com efeito, não basta ser filho de Abraão, é preciso viver uma vida agradável e obediente a Deus.
Mas o que eu quero falar é sobre a parte que eu grifei, de que Deus pode fazer surgir das pedras filhos de Abraão, pois a Deus coisa alguma é impossível. O mesmo Deus que pode fazer nascer das pedras filhos de Abraão também pode fazer com que as pedras falem quando os profetas se calam ou são calados.
Agora convido você a meditar a dolorosíssima crucificação de Jesus, no exato momento em que Jesus, em ato de última vontade, confiou Maria como Mãe a João e confiou João como filho de Maria, ao que João levou a Santíssima Mãe do Senhor para sua casa, lembrando que a casa do apóstolo é a Igreja.
Mas lembre, as palavras muitas vezes são insuficientes para retratar um momento, especialmente os sentimentos e as dores do coração. É lógico que Jesus deu Maria por Mãe de João Evangelista e que João naquele momento representava todos os cristãos - os nascidos e os que ainda iriam nascer -, o que significa dizer que em João Evangelista, por obra, graça, milagre e amor extremo de Jesus Cristo, todos nos tornamos filhos de Maria Santíssima.
A Beata Anna Catharina Emmerich, ao testemunhar esse acontecimento em suas maravilhosas visões e revelações particulares, acrescentou o que Jesus sentiu em seu Sacratíssimo Coração quando deu Maria por Mãe de João e de todos nós.
Vejamos um trecho do livro Vida, Paixão e Glorificação do Cordeiro de Deus, ocasião em que a Beata Anna Catharina narrou detalhadamente esse momento:
“A Mãe de Jesus, Madalena, Maria de Cléofas, Maria Helí e João estavam entre as cruzes dos ladrões, em redor da cruz de Jesus, olhando para Nosso Senhor. A Santíssima Virgem, em seu amor de mãe, suplicava interiormente a Jesus que a deixasse morrer com Ele. Então olhou o Senhor com inefável ternura para a Mãe querida e, volvendo os olhos para João, disse a Maria: ‘Mulher, eis aí o teu filho: será mais teu filho do que se tivesse nascido de ti.’ (...) Não sei se Jesus pronunciou alto todas essas palavras; percebi-as interiormente, quando, antes de morrer, entregou Maria Santíssima, como Mãe, ao Apóstolo querido e este, como filho, a sua Mãe. Em tais contemplações se percebem muitas coisas, que não foram escritas; é pouco apenas o que pode exprimir a língua humana.” (páginas 308-9)

Você percebeu bem? Se Deus pode fazer nascer das pedras filhos de Abraão, muito mais poderá fazer de nós filhos de Maria Santíssima, mais do que se tivéssemos, fisicamente, saído e nascido dela. Isso quer dizer que, por obra, milagre e graça de Jesus Cristo, Nosso Senhor, em ato extremo de amor e última vontade, nós fomos constituídos filhos da Santíssima Virgem Maria, mais do que se tivéssemos a sua carne e o seu sangue.
Veja bem, querido (a) leitor (a), que uma pessoa descende de outra segunda a carne e a natureza. Isso quer dizer que o nascimento decorre unicamente de uma consequência natural, muitas vezes sequer desejada pelos pais. Todavia, o nosso nascimento e nossa filiação em Maria Santíssima não decorre de uma consequência da natureza ou da vontade do homem, mas de milagre extraordinário, da vontade e da insondável misericórdia de Jesus Cristo, o nosso Senhor e nosso Deus.

Portanto, se somos filhos de Maria, e isso é uma verdade cuja afirmação é cada vez mais necessária, nós o somos não simbolicamente, mas, por graça de Deus, mais do que se naturalmente tivéssemos nascido de Maria.

 
Por isso, saiba! Maria é nossa Mãe, mais do que se tivéssemos saído dela.