sexta-feira, 30 de março de 2012

A Importância da Oração [Orai sem cessar, os desígnios de Deus se realizam pela oração de seus fieis]



Prezados amigos.

Considerando que este grupo é um grupo de oração, muito embora não se descure dos assuntos relevantes da vida na Igreja, impõe-se que se reze mais e se fale mais acerca da importância da oração.

Pois bem, falemos, então!
 "15. Vede que ninguém pague a outro mal por mal. Antes, procurai sempre praticar o bem entre vós e para com todos. 16. Vivei sempre contentes. 17. Orai sem cessar. 18. Em todas as circunstâncias, dai graças, porque esta é a vosso respeito a vontade de Deus em Jesus Cristo. 19. Não extingais o Espírito. 20. Não desprezeis as profecias. 21. Examinai tudo: abraçai o que é bom. 22. Guardai-vos de toda a espécie de mal. (I, Tessalonicenses, 5, 15-22)"
Você viu na passagem acima, que há uma ordem no sentido de orar sem cessar. Isso significa que a oração deve fazer parte do nosso dia-a-dia. Mesmo quando estamos assoberbados de compromissos podemos elevar a alma em oração, ainda que por pouco tempo.
 A oração é a melhora arma que temos. É uma chave que abre o coração de Deus (Padre Pio de Pietrelcina).

Por isso, precisamos ter o hábito de rezar e rezar muito.

Há muitos graças e milagres que não ocorrer por falta de oração. Muitas pessoas fracassam porque se esquecem que tudo deve ser precedido, acompanhado e sucedido da oração.

Precisamos a nos acostumar a encaminhar tudo na vida com a oração, ou seja, a sermos fieis à oração, apesar dos incômodos, dificuldades e ocupações da vida. Lembre-se que Deus age em resposta à sua oração, e tudo depende disso. Além disso, é importante referir que nos momentos de angústias se deve rezar com mais intensidade.

A esse respeito, colaciono lição de Santa Faustina:

“872. 07.01 [sete de janeiro]. Durante a Hora Santa, o Senhor me concedeu participar da Sua Paixão. Dividi com ele a amargura da dor, de que estava repleta a Sua alma. Jesus deu-me a conhecer como a alma deve ser fiel à oração, apesar dos tormentos, da aridez e das tentações, porque em grande parte e principalmente de uma oração assim depende, às vezes, a concretização de grandes desígnios de Deus. E, se não perseveramos nessa oração, transtornamos o que Deus queria realizar através de nós. Que toda alma lembre destas palavras: ‘E, estando em agonia, rezou mais longamente.’ Eu também prolongo uma oração assim na medida das minhas possibilidades e de acordo com meus deveres.”

Tenham todos uma feliz semana.

A Paz de Jesus e o Amor de Maria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este BLOG foi útil para você? Deixe seu testemunho! Sua opinião é muito importante para nós.