sábado, 13 de novembro de 2010

Todos Precisamos de Cura Interior - Por Padre Rufus Pereira.



Por uma linda coincidência, o Evangelho de hoje confirma o que estamos falando sobre a necessidade da oração. Jesus nesta parábola nos deixa um pouco desconfortáveis, mas é uma parábola muito efetiva, que nos fala claramente que as orações são sempre respondidas, não da maneira que queremos, mas da maneira que Deus sabe que precisamos.

Sinto que devo continuar nossa programação dentro do poder da oração que comecei falando do arrependimento, que experimentamos no sacramento da confissão, da reconciliação, sinto que devo falar sobre oração de cura interior e libertação.

Agora vou tratar da cura interior. Já contei a história do homem que eu pensava que vinha a mim por cura física e na verdade ele queria a cura espiritual, fazendo uma confissão real e completa da sua vida, experimentou o amor de Deus que perdoa, e é óbvio, que a próxima cura que ele recebeu, foi a cura emocional, por perdoar sua esposa que o havia deixado, e ter pedido perdão por tê-la ferida. E como digo com frequência aonde quer que eu vá, é a cura interior que mais precisamos.

Jesus diz “'Vinde a mim vós todos que estais cansados e eu lhes darei descanso e cura.”, por isso a cura emocional, é tao importante, onde nos últimos 15 anos, venho dando retiros de cura interior. Por qual razão?

Se eu tenho uma dor, aplico uma pomada e serei curado. Mas se tenho uma doença, precisarei de injeção. Se eu tiver uma doença muito maior, o médico pode me submeter a uma cirurgia, no qual precisarei ser hospitalizado. E isso acontece na vida espiritual. Uma oração simples, pode curar, mas se tiver um problema maior, talvez será preciso de um aconselhamento, se for muito sério, é preciso de um bom retiro de cura interior. Essa é a única solução!

"Sem a cura interior não há cura física e nem a libertação dos vícios"

Fazer um retiro de cura interior é presente de Deus para nós.Então por que precisamos tanto de cura interior? Para ouvir a Palavra de Deus, que irá nos ajudar a encontrarmos a causa dos nossos problemas, e nos ensinar como tratá-los. Um exemplo disso foi num retiro de cura interior para casais que dei em Bombaim, um casal que já tinha dado entrada nos papéis de divórcio e os amigos os convenceram de participarem do encontro. Sentaram bem separados, mas quando a Palavra de Deus começou a tocar no coração deles, antes da próxima pregação, o casal já estava quase próximos e na última palestra do retiro, os dois já estavam sentados juntos de mãos dadas.

Esse é um pequeno exemplo de como um retiro de cura interior pode curar. Primeiro porque cada um de nós precisamos, pois a cura interior é como uma chave que abre a porta para outras curas. Somente quando se passa pela cura interior acontece a libertação efetiva e permanente.

Segundo é necessário porque Jesus quer nos curar. Ele disse que veio para abrir os olhos do cego, para nos libertar do poder do mal, para sermos libertos e permanecermos libertos. Mas não esqueça de que Jesus veio nos proporcionar a cura emocional e interior. “Vinde a mim vós todos que tens o coração aquebrantado e eu os curarei.”

Ele não veio nos curar parcialmente ou superficialmente, mas plenamente e profundamente. Muitas vezes é dado ênfase a cura física, mas eu digo, venham e ouçam a palavra de Deus e Ele fará o resto. Terceiro por causa das limitações e da maneira errada com que tratamos nossos problemas. Quando somos confrontados com as limitações dos nossos esforços, Deus no seu amor toma a situação para Ele. Mas a razão principal de que precisamos de cura interior, é pela maneira como fomos criados, isso diz do momento da nossa concepção, até mesmo da nossa árvore genealógica. Se uma criança nasce prematura, foi concebida fora do casamento, se houve suicídio em seus ancestrais, se os pais morreram quando criança, são muitas as situações que é preciso de cura interior.

E temos 3 passos para a cura interior:

1o. passo: Encontrar os problemas, sua causa, é o diagnóstico.

2o. passo: Remover os bloqueios para a cura.

3o. passo: É a oração. O último passo que é a consequência.



4 sintomas de que precisamos de cura emocional:

1o. Sentimento de rejeição.

2o. Sentimento de inferioridade.

3o. Sentimento de culpa.

4o. Sentimento de medo.

Precisamos ir além dos sintomas, e encontrar as causas de raízes das doenças emocionais que temos, que pode ser apenas uma palavra, uma ação, uma experiência que pode ser a causa por aquilo que estou passando hoje. A Palavra nos diz que em Cristo Jesus não há condenação. Jesus é o grande Defensor e não acusador. Ele está sempre conosco."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este BLOG foi útil para você? Deixe seu testemunho! Sua opinião é muito importante para nós.