quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Não Permita que o Mal Destrua seu Casamento - Por Monsenhor Jonas Abib!


"Não permita que o mal destrua seu casamento

Na carta aos Efésios fica muito claro que a confusão está nos ares: “Pois não é o homem que afrontamos, mas as Autoridades, os Poderes, os Dominadores deste mundo de trevas, os espíritos do mal que estão nos ares” (Ef 6,12).

Quem põe a confusão nos ares é o inimigo. Ele cultiva no coração do homem e da mulher ressentimentos e mágoas. Ele une uma ferida com outra, um acontecimento com outro, criando desentendimento entre os casais, de modo que, quando menos se espera, os dois já estão com a confusão pronta dentro de casa. Tanto que, no momento em que um “vomita” o que tem por dentro, sai coisa lá do tempo de namoro: “Quando você falou aquilo... Quando fez tal coisa...” Esses sentimentos são trabalhados no nosso inconsciente sem que percebamos. Criando barreiras entre um e outro. Uma guerra surda que, quando explode, destrói tudo.

O inimigo sabe como usar do marido decepcionado com a esposa, com o casamento. Ele sabe como destruir o casamento da mulher ressentida, magoada. É fácil colocar no caminho dela “o homem dos seus sonhos”: carinhoso, que escuta, dá atenção, sabe elogiar. Tão diferente do marido bruto, que só critica, que nunca entende, que não tem tempo e só a faz de empregada! É fácil colocar no caminho do marido decepcionado a menina bonita, atraente, sensual; a secretária atenciosa, a colega que escuta e dá atenção. Não faltam meninas e mulheres carentes.

Primeiro o inimigo trabalha cultivando as feridas, os ressentimentos, as decepções. Depois mostra a “isca” para mordermos e cairmos no anzol. E lá se foi o casamento!

Se uma mulher percebe um nódulo no seio, ela busca extirpá-lo imediatamente e não deixa o câncer crescer e tomar conta. Se você está sentindo esse pequenos sinais de alerta no seu casamento, extirpe logo de uma vez. Não permita que o mal destrua seu casamento e sua família.

Deus abençoe você!

Monsenhor Jonas Abib

Fundador da Comunidade Canção Nova."

Também recomendamos este texto!

"O inimigo quer acabar com o seu casamento


A paternidade e a maternidade são sagradas e santas. Por isso não pode haver infidelidade entre o casal. Não pode haver profanação do matrimônio realizado em Deus. Para arrasar com seu casamento, o inimigo quer arrastá-lo para o adultério. Ele atiça a sua vaidade ao fazer você se sentir capaz de seduzir e conquistar. Mas é preciso ter olhar espiritual e enxergar que é o maligno quem quer acabar com o seu casamento, seja você homem ou mulher. Deus nos deu a sexualidade não para ser profanada. Assim como não se pode ser louco para usar seringas ou agulhas contaminadas, também não podemos ser loucos de permitir que o inimigo profane um dom tão precioso como a nossa sexualidade. Se você caiu nesse erro, precisa fazer logo uma boa confissão e começar a viver uma vida de castidade. Deus abençoe você!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este BLOG foi útil para você? Deixe seu testemunho! Sua opinião é muito importante para nós.