segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Pedi e recebereis - É Preciso saber pedir. É preciso saber esperar. [Como rezar para alcançar grande graças de Deus]

Prezados amigoso do Grupo Água Viva. As leituras do último domingo do mês de julho de 2010 vieram bem ao encontro do que pretendo deixar expresso aqui no blog, e ao que venho sustentando há quase sete anos no grupo de oração e nos locais onde somos convidados a comparecer.

A primeira leitura, como costuma acontecer, foi retirada do Antigo Testamento, mais precisamente do Livro do Gênesis, Capítulo 18, versículos 20 a 32 (destruição das cidades idolátricas Sodoma e Gomorra).

Ei-la:

"Naqueles dias, 20 o Senhor disse a Abraão: 'O clamor contra Sodoma e Gomorra cresceu, e agravou-se muito o seu pecado. 21 Vou descer para verificar se as suas obras correspondem ou não ao clamor que chegou até mim'. 22Partindo dali, os homens dirigiram-se a Sodoma, enquanto Abraão ficou na presença do Senhor. 23 Então, aproximando-se, disse Abraão: 'Vais realmente exterminar o justo com o ímpio? 24 Se houvesse cinquenta justos na cidade, acaso irias exterminá-los? Não pouparias o lugar por causa dos cinquenta justos que ali vivem? 25Longe de ti agir assim, fazendo morrer o justo com o ímpio, como se o justo fosse igual ao ímpio. Longe de ti! O juiz de toda a terra não faria justiça?' 26O Senhor respondeu: 'Se eu encontrasse em Sodoma cinquenta justos, pouparia por causa deles a cidade inteira'. 27Abraão prosseguiu dizendo: 'Estou sendo atrevido em falar a meu Senhor, eu, que sou pó e cinza. 28 Se dos cinquenta justos faltassem cinco, destruirias por causa dos cinco a cidade inteira?' O Senhor respondeu: 'Não destruiria, se achasse ali quarenta e cinco justos'. 29 Insistiu ainda Abraão e disse: ' se houvesse quarenta?' Ele respondeu: 'Por causa dos quarenta, não o faria'. 30Abraão tornou a insistir: 'Não se irrite o meu Senhor, se ainda falo. E se houvesse apenas trinta justos?' Ele respondeu: 'Também não o faria, se encontrasse trinta'. 31Tornou Abraão a insistir: 'Já que me atrevi a falar a meu Senhor, e se houver vinte justos?' Ele respondeu: 'Não a iria destruir por causa dos vinte'. 32Abraão disse: 'Que o meu Senhor não se irrite, se eu falar só mais uma vez: e se houvesse apenas dez?' Ele respondeu: 'Por causa dos dez, não a destruiria'”.

Você que acabou de ler o texto acima, percebeu bem o quanto vale uma pessoa justa? Lembre-se que toda a humanidade tem a oportunidade de salvação por um único justo, CRISTO JESUS SENHOR NOSSO.

Entretanto, quero que você observe a importância de ser uma pessoa justa. Na prática, em Sodoma, só havia um justo, Ló, o qual foi retirado da cidade antes que ela fosse destruída. Se houvesse ali dez justos, Deus teria poupado toda a cidade, por amor aos dez justos. A mesma constatação se faz a respeito do mundo, enquanto houver justos, Deus preservará o mundo.

Além disso, quero chamar a atenção de todos para a IMPORTÂNCIA DA INTERCESSÃO. Veja como Abraão intercedia por pessoas que sequer faziam parte de sua família, de seu círculo de amizades, de seu povo. A intercessão é fundamental. Quem reza pelos outros alcança muito mais para si, muito mais que sonhou receber. A intercessão é de fundamental importância. Nos grupos de oração onde ela é valorizada, estes grupos crescem mais e mais, ainda que isso não se perceba no número de pessoas.

O Salmo responsorial é o 137:

Naquele dia em que gritei,/ vós me escutastes, ó Senhor! — Ó Senhor, de coração eu vos dou graças,/ porque ouvistes as palavras dos meus lábios!/ Perante os vossos anjos vou cantar-vos/ e ante o vosso templo vou prostrar-me. — Eu agradeço vosso amor, vossa verdade,/ porque fizestes muito mais que prometestes;/ naquele dia em que gritei, vós me escutastes/ e aumentastes o vigor da minha alma. — Altíssimo é o Senhor, mas olha os pobres,/ e de longe reconhece os orgulhosos./ Se no meio da desgraça eu caminhar,/ vós me fazeis tornar à vida novamente;/ quando os meus perseguidores me atacarem/ e com ira investirem contra mim,/ estendereis o vosso braço em meu auxílio/ e havereis de me salvar com vossa destra. — Completai em mim a obra começada;/ ó Senhor, vossa bondade é para sempre!/ Eu vos peço: não deixeis inacabada/ esta obra que fizeram vossas mãos!"

O Evangelho está em Lucas 11, 1-13


"1Jesus estava rezando num certo lugar. Quando terminou, um dos seus discípulos pediu-lhe: 'Senhor, ensina-nos a rezar, como também João ensinou a seus discípulos'.
2 Jesus respondeu: 'Quando rezardes, dizei: ‘Pai, santificado seja o teu nome. Venha o teu Reino. 3 Dá-nos a cada dia o pão de que precisamos, 4 e perdoa-nos os nossos pecados, pois nós também perdoamos a todos os nossos devedores; e não nos deixes cair em tentação’”
5E Jesus acrescentou: 'Se um de vós tiver um amigo e for procurá-lo à meia-noite e lhe disser: ‘Amigo, empresta-me três pães, 6porque um amigo meu chegou de viagem e nada tenho para lhe oferecer’, 7e se o outro responder lá de dentro: ‘Não me incomodes! Já tranquei a porta, e meus filhos e eu já estamos deitados; não me posso levantar para te dar os pães’; 8eu vos declaro: mesmo que o outro não se levante para dá-los porque é seu amigo, vai levantar-se ao menos por causa da impertinência dele e lhe dará quanto for necessário.
9 Portanto, eu vos digo: pedi e recebereis; procurai e encontrareis; batei e vos será aberto. 10Pois quem pede, recebe; quem procura, encontra; e, para quem bate, se abrirá.
11Será que algum de vós, que é pai, se o filho lhe pedir um peixe, lhe dará uma cobra? 12Ou ainda, se pedir um ovo, lhe dará um escorpião?
13Ora, se vós, que sois maus, sabeis dar coisas boas aos vossos filhos, quanto mais o Pai do Céu dará o Espírito Santo aos que o pedirem!”

Você percebeu que o próprio Jesus ensina que devemos pedir com insistência, prometendo que quem pede alcança? Percebeu, ainda, que se recomenda uma oração teimosa (no bom sentido), como quem incomoda? Deus quer ser "incomodado" pelas nossas orações!!!

Portanto, peça e espere as providências de Deus. Porém, chamo a atenção de que Deus não é "caixa eletrônico", nada funciona instantaneamente. É preciso pedir e esperar, muitas vezes demora, outras vezes demora muito. Veja o caso de Santa Mônica que rezou mais de 20 anos pela conversão de seu filho, que após ficou conhecido como Santo Agostinho. Nesse período de demora, sofre as tardanças de Deus, mas não perca a esperança, nem caia na besteira de procurar ajuda nas falsas religiões, nos sortistas, que manipulam forças ocultas, naqueles que dizem que podem tudo para todos, mas nada podem para si.

Merece ponderação o ensinamento de São Tiago, a saber:

"... Mas peça com fé, sem nenhuma vacilação, porque o homem que vacila assemelha-se à onda do mar, levantada pelo vento e agitada de um lado para o outro. Não pense, portanto, tal homem que ancançará alguma coisa do Senhor, pois é homem irresoluto, inconstante em todo o seu proceder." (Espístola de São Tiago 1, 6-8)

Lembre-se: A alma que muito confia, muito alcança!!!! Quem busca solução longe de Deus, além de não achar solução alguma, comete o pecado da infidelidade.

Também deve ser observado que Deus não é um "quebra-galho", aquele que procuro quando tenho um problema. Deus é a essência da nossa vida, só Deus é para sempre. 

Além disso, preciso observar o seguinte questionamento:

Será que aquilo que peço é bom para mim? Você até pode pensar que é, mas e o futuro o que dirá? Algumas vezes o que nos parece bom hoje se revela péssimo amanhã. A gente se engana fácil, se ilude fácil, e, quando nos falta o discernimento, tomamos decisões precipitadas. Deus é Pai, é a Sabedoria Infinita, Ele sabe o que nos convém. Se for bom para nós, Ele nos concederá (desde que peçamos com fé, insistência e esperança); se o que pedimos não for bom, Ele nos dará algo melhor, pois, além de Pai, é muito generoso.

Outro vez chamo a atenção para as advertências de São Tiago:

"...Pedis e não recebereis, porque medis mal, com o fim de satisfazerdes as vossas paixões." (Epístola de São Tiago, 4, 3-4)

NÃO HÁ ORAÇÃO SEM RESPOSTA!

O que às vezes acontece é que nos apresentamos diante de Deus com o coração fingido, aí a resposta nos incomoda. Mas a misericórdia de Deus nos oferta o perdão, aí podemos voltar, e, convertidos, pedir ao Senhor.....

ELE SEMPRE NOS CONCEDE O QUE PRECIAMOS, AINDA QUE NÃO TENHAMOS CONSCIÊNCIA DISSO.

Um abraço todos.....






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este BLOG foi útil para você? Deixe seu testemunho! Sua opinião é muito importante para nós.