terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Santa Faustina e a importância da caridade.


Prezados Amigos, é bom estar de volta e publicar no nosso blog tudo o que aprendemos da suprema sabedoria do Senhor, o nosso Deus, especialmente quando diz respeito a algo que nós é muito próximo.

Todos nós sabemos um pouco sobre a caridade. São Paulo dizia que todos os dons vão passar, mas a caridade será eterna.
A caridade é algo extraordinário. É uma das razões pela quais o Brasil, apesar da imensidão de pecados que são cometidos todos os dias, ainda é um pais abençoado. E é abençoado porque o povo é bom, é caridoso, é solidário.
A caridade é sublime, somente almas de elevada perfeição sabem seu real significado e alcance.
A caridade é algo insondável. Somente Deus pode mensurar a dignidade de tal ato.
Todos os santos deram copiosa demonstração de caridade e amor. Alguns se tornaram memoráveis, como é o caso de Santa Faustina Kowaslka.
Vejam a preciosidade que foi encontrada em seu diário (n. 1312)

“Jesus veio hoje à portaria na figura de um jovem pobre. Esse miserável jovem, com as vestes terrivelmente rasgadas, descalço e com a cabeça descoberta, estava com muito frio, porque o dia era chuvoso e frio. Pediu algo de quente para comer. Fui à cozinha e não encontrei nada para o pobres; mas depois de procurar por um momento, achei um pouco de sopa, que esquentei, ajuntei um pedaço de pão e ofereci ao pobre, que a tomou. No momento em que estava entregando o prato, deu-me a conhecer que era o Senhor do Céu e da Terra. Quando vi quem ele era, Quando vi quem era, desapareceu aos meus olhos. Entrando em casa, refleti sobre o que tinha sucedido na portaria, e ouvi estas palavras na minha alma. Minha filha, chegaram aos meus ouvidos as bênçãos dos pobres que, afastando-se da portaria, bendizem-me, e gostei dessa tua caridade nos limites da obediência e por isso desci do trono, para saborear o fruto da tua caridade.”

Você compreendeu bem? Percebeu o que há de extraordinário no gesto caridoso?
Lembre-se que Nosso Senhor Jesus Cristo prometeu que nem mesmo um copo de água, dado com amor, deixará de render uma recompensa a quem fizer tal ato de bondade.
Portanto, mãos à obra, Deus no coração e caridade ao irmão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este BLOG foi útil para você? Deixe seu testemunho! Sua opinião é muito importante para nós.